Ouro favorito dá as caras em Copacabana

Foi bem mais difícil do que estava escrito, mas no final a “Dama de Ouro” confirmou sua história, mais do que contada. A americana Gwen Jorgensen venceu e conquistou o seu destino, a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio no triathlon feminino.

Gato e Rato
Mas nada disso foi tão fácil como tem sido nas etapas do Circuito Mundial, onde ela domina na etapa final e “destrói” suas adversárias com suas passadas largas – a melhor corredora do mundo do triathlon olímpico.

O tempo amanheceu nublado e o sol saia tímido entre as nuvens, mas as 9h30 da manhã, as atletas já aqueciam no Posto 6 em Copacabana, no Rio de Janeiro.

PackSwim

Com largada as 11hs em ponto, cerca de 20 atletas formaram o primeiro pelotão na natação, incluindo a brasileira Pâmella de Oliveira e as favoritas a suiça Nicola Spirig, atual campeã olímpica e a americana Gwen Jorgensen – com uma excelente natação, também no grupo líder.

PackBike

Nos 40km de ciclismo o que se viu foi um show da suiça que tentava escapar do pelotão e puxava o ritmo alucinante. Ritmo esse que acabou “quebrando” nossa brasileira Pâmella –  sobrando do pelotão líder com mais duas atletas.

A estratégia de Nicola era clara – ela queria partir para a corrida sózinha, ou a menos sem a companhia de Gwen. Mas ela não teve ajuda de ninguém, nem mesmo a atleta de Bermudas Flora Duff, deu as caras, estranhamente, ela que tem vencido etapas do circuito escapando na etapa do ciclismo.

DuplaAirRun

E finalmente todas chegaram para a corrida, com uma grande vantagem para o segundo pelotão. Nicola e Gwen logo abriram vantagem e assim foram até o km 8 da corrida. Em certo momento, nenhuma queria puxar a corrida – houve discussão e nervosismo, quase chegaram a parar de correr, pareciam gato e rato…

Mas faltando pouco menos de 2km, a suiça não aguentou o ritmo mais forte da americana que abriu vantagem rumo ao seu destino.

GwenFinish

Medalha de ouro para Gwen Jorgensen

Nicola Spirig cruza e garante a medalha de prata

Nicola Spirig cruza e garante a medalha de prata

Jorgensen cruzou a linha de chegada chorando. Nicola perdeu 40 segundos mas garantiu a prata, apenas cinco segundos à frente da inglesa Vick Holland que ficou com o bronze. A suiça competiu como ela sabe, puxando o pelote e lutando pela vitória. Apesar da prata – ela foi também muito vencedora, um exemplo!

A brasileira Pâmella Oliveira lutou, mas com uma corrida desanimada acabou na 41ª colocação.

 

2016 Rio de Janeiro Olympic Games
Rio de Janeiro, Brazil
20/08/2016
1.5K swim, 40K bike, 10K Run

1. Gwen Jorgensen (USA) 1:56:16
2. Nicola Spirig (SUI) 1:56:56
3. Vicky Holland (GBR) 1:57:01
4. Non Stanford (GBR) 1:57:04
5. Barbara Riveros (CHI) 1:57:29
6. Emma Moffatt (AUS) 1:57:55
7. Andrea Hewitt (NZL) 1:58:15
8. Flora Duffy (BER) 1:58:25
9. Claudia Rivas (MEX) 1:58:28
10. Rachel Klamer (NED) 1:58:55

Deixe seu comentário

comentários

Redação

redacao@golonger.com.br