Open Water: O aquecimento na natação antes da competição

Qual seu melhor aquecimento?

Em todos os esportes, antes de qualquer tipo de prova, os atletas realizam um aquecimento prévio, porém, será que você já testou o seu melhor aquecimento? Sim, existe o melhor aquecimento para você, e isso não quer dizer que esse aquecimento é bom para o seu amigo!

No triathlon passamos por muitas situações distintas de provas : água quente, fria, roupa liberada, provas curtas, provas longas  etc. Para cada situação o atleta deve buscar uma tática de aquecimento.

Geralmente gosto que meus atletas aqueçam bem para todos os tipos de prova, mas com o passar do tempo achamos um aquecimento adequado para cada um.

Essa busca por um aquecimento específico se baseia em qual sua expectativa para o  início de prova e também sua aptidão.  Um atleta com pouca aptidão na água não deve gastar energia aquecendo muito, cerca de 5 minutos só para tirar um pouco da ansiedade será o suficiente para entrar na prova com calma e ir ganhado aquecimento durante o percurso.

Provas Longas x Curtas
Em provas curtas devemos dar uma maior ênfase para estímulos visando uma ótima largada e bom ritmo até a primeira boia, já em provas longas não é necessário estimular tanto, a maior preocupação é ganhar sensibilidade com a água e quebrar o gelo para não entrar muito leve.

Exemplo de Aquecimento (Atleta Profissional Chicão Ferreira)

Triathlon Olímpico de Caiobá
Série de elástico – 4 x 60 repetições de braçada com 1’ de descanso
1 volta nas boias do percurso com 8 x 15 seg. z6 –  2 x 1′ z4

 

 

IM Floripa 2014
8 minutos no mar com a série 8x 10 seg. z6

Reparem que na prova curta dar uma volta no percurso é fundamental para automatizar suas ações.

Como chegar ao seu aquecimento ideal
A única forma de identificar seu melhor jeito de aquecer é simular séries e estímulos parecidos com a prova, e principalmente em horário muito próximo ao da largada. Em um desses simulados já identificamos bons nadadores que tinham muita dificuldade para entrar em ritmo de prova logo cedo, esse é um problema para quem treinou muito bem é só descobre isso após a prova.

Existe solução?
Sim existe algumas alternativas, alguns atletas apenas precisam de um aquecimento maior cerca de 25 a 30 minutos rodando leve para depois estimular, porém uma das alternativas e não a mais fácil é:

1. Acordar bem cedo 3h30 antes da prova e iniciar um alongamento leve.
2. Logo que chegar na área de transição já dar uma soltada leve no mar e depois arrumar todo equipamento de prova e ajustes.
3. Faltando cerca de 30 minutos para largada realizar o aquecimento normal

O que fazer se a água estiver muito fria ?
Em provas com baixa temperatura da água é muito difícil realizar um bom aquecimento dentro d’agua, uma ótima alternativa é levar um elástico e fazer cerca de 5 séries de 45 segundos simulando a braçada e movimentar bastante os braços até o momento da largada. Uma boa opção, nesses dias, é realizar uma corrida com pequenos estímulos para entrar bem quente na área de natação – poucos minutos antes da largada, mantendo o corpo mais aquecido.

Rafael Cruz “Palito” é treinador da CPH e de Igor Amorelli, campeão do Ironman Florianópolis 2014.

 

Deixe seu comentário

comentários

Redação

redacao@golonger.com.br

error: copyright Trisport