Mais um triatleta amador punido por DOPING com EPO

O dinamarquês Thomas Lawaetzm, triatleta amador, testou positivo para EPO no IRONMAN Copenhague 2015 – prova vencida pelo brasileiro Guilherme Manocchio – e recebeu uma sanção de quatro anos de acordo com um comunicado de imprensa emitido pela WTC. O comunicado afirmou ainda que os resultados do Lawaetz  foram cancelados e ele foi declarado inelegível para competir em provas de Ironman.

O aumento da testagem nas faixas etárias aumentou em todo o mundo e já começou a dar resultados.

“Nossa parceria com a Agência Anti-Doping da Dinamarca é exatamente o tipo de colaboração que é necessária entre as organizações anti-doping e nós estamos sendo cada vez mais eficazes na detecção para, finalmente, dissuadir o doping em nosso esporte”, disse Kate Mittelstadt, o diretora do Programa Anti -Doping do Ironman.

Deixe seu comentário

comentários

Redação

The author didnt add any Information to his profile yet