Kona Slots volta em 2019

 

Depois de criar o sistema Kona Pro Ranking no ano de 2010, onde foi estabelecido um ranking mundial que classifica os atletas profissionais para o mundial de Ironman em Kona, a Ironman volta ao antigo sistema de vagas por prova (Kona Slots) para classificação dos mundiais em 2019.

Os triatletas se classificarão para os mundiais de IM 70.3 e Ironman, da mesma maneira que os atletas amadores o fazem todos os anos.

Serão oferecidas um certo número de vagas por competição dependendo do número de profissionais participantes e o status da prova. As provas Championships, que tem maior premiação, terão mais vagas oferecidas.

Veja abaixo as principais mudanças da Ironman:

 

 

Igualdade de vagas por sexo
Finalmente a Ironman enxergou a igualdade por sexo e vai oferecer 50 vagas para homens e 50 vagas para mulheres profissionais nos mundiais de 2019, deixando de lado a proporção 50/35 oferecido até então.

Meio Ironmans não classificarão para Kona
Os meio ironmans ou Ironman 70.3 não contarão pontos para Kona. Para classificação, é preciso conquistar a vaga indo bem nas provas full – Ironman.

Antigos vencedores e top 3 – automática classificação
Como na atual regra, vencedores dos mundiais nos últimos 5 anos só precisam validar sua classificação finalizando uma prova da distância, podendo assim participar do mundial de 70.3 ou Ironman do ano seguinte. A novidade é que também os 2º e 3º colocados poderão validar suas participações nos mundiais somente no período de 1 ano, ao invés de 5 anos dos campeões.

Quando?
O novo sistema entrará em vigor no dia 9 de setembro de 2018 – para a classificação do mundial de Kona em 2019. E a partir de 8 de Juilho para a classificação do Mundial de 70.3 em 2019.

 

Deixe seu comentário

comentários

Redação

redacao@golonger.com.br

error: copyright Trisport