Haley Chura e Lionel Sanders vencem o Ironman 70.3 Buenos Aires

O canadense Lionel Sanders confirmou o favoritismo e venceu a segunda edição do Ironman 70.3 Buenos Aires, realizado neste domingo, mas precisamente na região de Nordelta, norte de Buenos Aires. A americana Haley Chura, conhecida como grande nadadora, surpreendeu a todos com a melhor corrida do dia e a vitória, conquistada no último quilômetro.

Com largada as 7hs, os profissionais homens, encararam uma natação sem roupa de borracha numa manhã fria. As mulheres da elite largaram 10 minutos após, com os amadores largando em ondas logo na sequência.

No final dos 1900m o americano Rude Von Berg submergiu do lago de Puerto Canoas, poucos metros à frente do brasileiro Marcus Fernandes – eles abriram cerca de 30 segundos para um grupo em que se encontrava os brasileiros Igor Amorelli, Paulo Maciel e Reinaldo Colucci. Ainda mais atrás o americano Ben Hoffman saia da água já com um déficit de 1 minuto e o grande favorito Lionel Sanders, com a melhor natação da vida para o seu nível, pouco mais de 3′ para os líderes – já uma vitória para ele.

Com uma prova cheia de atletas profissionais  de alto nível, entre brasileiros, europeus, chilenos, americanos e argentinos, a corrida de 500m até a saída da bike, na transição, já mudava a cara da prova e no final da primeira volta dos 90km de ciclismo, o canadense “voador” já chegava na liderança – ele que é conhecido como um fraco nadador e um exímio ciclista e corredor.

Com um percurso em 3 voltas de 30km, apertado, com 3 zonas neutras em cada volta, o ciclismo foi mais do que um desafio para todos, adicionando ainda o vento e mais de 2.000 triatletas. Congestionado era o melhor adjetivo para esta etapa.

Ainda sobre duas rodas, após a primeira volta, Sanders chegava na liderança seguido de perto por Igor Amorelli. Rude e Fernandes ainda aguentaram até a marca ds 45km, mas depois só Amorelli pode aguentar os 350 watts de potência do canadense.

Ben Hoffman, segundo ano passado, ficou sozinho mas a frente de um grande grupo que incluia Colucci, Manocchio e Santiago Ascenço, que vinha de trás da natação.

No final do ciclismo, Sanders e Igor fizeram a transição juntos muito a frente da concorrência. O americano Von Berg veio 3 minutos atrás e o brasileiro Marcus Fernandes em quarto pouco à frente do pelotão perseguidor. Estava pronto o cenário para a batalha final, em seus 21km.

 

70.3_BuenosAires-17

O grande campeão, o canadense, Lionel Sanders

 

Brasileitos sobem no pódio no Meio Ironman em Buenos Aires

Sanders colocou um ritmo impressionante, Igor Amorelli estava perto até o km 4, quando o canadense foi embora…. Mais atrás era claro o alto nível técnico dos atletas com todos correndo muito bem, na casa do 3’30/km nos primeiros 10km, numa disputa intensa.

Colucci fez uma excelente corrida, a terceira do dia, chegando na 4ª colocação, com Santiago em 5º – também com uma excelente prova.

Lá na frente, Sanders dominava, também com a melhor corrida do dia em 1:13:11, depois de um pedal absurdo em 1:59, para os 90km – uma média absurda de 45km/h.

O americano Von Berg, acabou ulrapassando Igor a menos de 1km para a chegada, conquistando o vice-campeonato. Igor Amorelli comemorou o terceiro lugar e um lugar no pódio. O brasileiro fez excelente performance pedalando com o melhor do mundo e correndo muito bem até o final.

 

70.3_BuenosAires-11

Igor Amorelli foi o 3º colocado

 

No feminino,  a brasileira Ariane Monticeli entregou a bike já na terceira colocação e não conseguiu alcançar as líderes nos 21km de corrida. A inglesa Kimberley Morrinson alcançou a liderança na bike e abriu muito com o pedal mais forte do dia, disparado.

E quando todos achavam que ela venceria, a americana Haley Chura alcançou a liderançan e a vitória, faltando 1km para a chegada. Com a melhor corrida do dia, ela não acreditava no que tinha acontecido.

Morrinson acabou com o vice-campeonato pouco tempo atrás, com a brasileira Ariane Monticeli, em grande prova, na terceira colocação. Mais atrás, as brasileiras Carol Furriela e e Luiza Cravo fizeram uma boa prova chegando na 4ª e 6ª colocações, respectivamente.
O Ironman 70.3 Buenos Aires entregou uma prova de alto nível, realizada em um condomínio privado, lindo. A bike, em seus 90km, deixou um pouco a desejar em um circuito apertado e com muitas zonas neutras. Um percurso mais esticado com 2 voltas de 45km está sendo avaliado. O evento reuniu mais de 2000 triatletas, mostrando a força do triathlon na América do Sul – com mais de 250 brasileiros competindo no evento.

 

Ariane Monticeli, a melhor brasileira na competição

Ariane Monticeli, a melhor brasileira na competição

 

 

70.3_BuenosAires-15

Haley Chura corre para a vitória.

 

Deixe seu comentário

comentários

Redação

redacao@golonger.com.br

error: copyright Trisport