Santiago e Mariana Andrade vencem o inaugural GP Extreme Penha

O GP Extreme Penha trouxe para Santa Catarina mais uma prova de endurance, com o objetivo de atender a preparação dos atletas para provas de endurance mais longas o evento teve sua primeira edição em Penha.

Com o tempo fechado e com o vento com um ingrediente extra, na saída d’agua Chicão Ferreira liderava a prova, sendo perseguido de perto por Henrique Siqueira; com um pedal muito potente, Santiago Ascenço recuperou terreno enquanto Chicão e Henrique alternavam de posição, perseguidos por Alexander Balmam. No final Santiago superou os dois e venceu a prova.

No feminino Mariana Andrade e Nayara Lunière foram os destaques, com a catarinense liderando a prova do início ao fim.

O GP Extreme Penha nasceu com o objetivo de expansão do calendário anual do GP Extreme, com suas distâncias diferenciadas 1000/100/10 e com locais escolhidos com condições diferenciadas para a prática do Triathlon. A ideia é expandir para diferentes regiões do país.

Segundo Sandro Bernardoni, organizador do evento, “a proposta atende uma solicitação de treinadores e atletas para incrementar o portfólio de opções de endurance. Nosso slogan: ‘Agora é você contra você’, razão do requisito extreme sempre estará presente. Em São Carlos é a altimetria e o calor que cobram o esforço extremo dos atletas, em Penha o vento é o ingrediente surpresa apesar do circuito praticamente plano.”

Em 2017 já são três provas confirmadas: Em março, São Carlos (SP) na sua 7ª edição; Penha (SC) em setembro, 2ª edição; e no primeiro final de semana de outubro em São Carlos novamente. Assim, o GP Extreme vai se expandindo nacionalmente com interação entre atletas e treinadores.

Deixe seu comentário

comentários

Redação

The author didnt add any Information to his profile yet