Entrevista com Fernando Toldi, vencedor da 4ª etapa do Rio Triathlon!

Fernando Toldi venceu mais uma etapa do Rio Triathlon. Ele é paulista, mas tem “invadido a praia” dos cariocas com constância e, como sempre, marcando bem sua presença. Veja o que achou da prova e os objetivos do jovem triatleta:

É a primeira vez que compete no Rio Triathlon sob estas péssimas condições climáticas, como foi?

Sim, primeira vez que corro aqui no Rio debaixo de muita chuva e vento. O mar estava com uma corrente muito forte e com ondas, e por questão de segurança a distância foi reduzida. Não me posicionei bem na largada, deveria ter largado na ponta direita onde a corrente jogava para fora; larguei na outra ponta e no contorno da primeira bóia tinham pelo menos uns 20 atletas na minha frente, fui ultrapassando e ao final da natação consegui pegar um bom ”jacaré” e sair em primeiro da água, fiz um transição rápida e iniciei a prova sozinho.

A natação mais curta, por questões de segurança, te incomodou?

Entendendo a responsabilidade e preocupação que os organizadores têm em relação a todos atletas. Mas claro que eu preferia que fossem 2 voltas de 750m!

Você pedalou sozinho por um bom tempo, até a chegada do Gustavo Slaib. Pensou que poderia prejudicar sua corrida esse contrarrelógio? Depois que ele chegou, o ritmo aumentou ou se manteve?

Pelo contrário, não prejudicou a corrida em nenhum aspecto. O ritmo do pedal aumentou. Quando ele chegou trabalhamos revezando posições e juntos abrimos uma grande vantagem sobre o segundo grupo.

Quando o tempo está frio assim, você muda algo em sua rotina de aquecimento?

Costumo aquecer com uns 10min de natação, mas em dias frios às vezes acabo não nadando e faço antes um aquecimento como um giro leve ou uma curta corrida.

Qual modalidade tem mais focado ultimamente?

Nas três! 

O que almeja em sua carreira para as próximas temporadas? Que distância tem como objetivo?

Quero continuar ganhando velocidade focado em provas de short e olímpico, porém com os treinamentos intensos nestas distâncias é possível encaixar alguns Ironman 70.3 durante a temporada.

Quais suas próximas provas?

Tenho as etapas finais do Troféu Brasil onde estou em terceiro lugar, muito próximo ao segundo, e vou lutar para uma boa colocação no Campeonato até o final do ano. Vou correr o 70.3 Rio e o Challenge Florianópoilis.

Quero agradecer meus patrocinadores COPAG e Moma Propaganda, meus apoiadores Adidas, Care Club, Spazio Gastronômico, Join, Reebok Sports Club e Safety Bikes. Meus treinadores Felipe Umezawa que tem feito um grande trabalho comigo na natação e a MPR (Emerson Gomes) que estamos juntos desde que comecei no triathlon. E sem dúvidas minha família e amigos!

Foto: Ricardo Andrade

Foto: Ricardo Andrade

Deixe seu comentário

comentários

Redação

The author didnt add any Information to his profile yet