Desabafo: As palavras de Marcus Fernandes sobre a punição sofrida no Challenge Maceió!

Marcus Fernandes sofreu uma punição polêmica no Challenge Maceió, disputado neste domingo, dia 23. Abaixo, nesta entrevista, ele faz um desabafo sobre o ocorrido:

Como estava a prova para você? Estava rendendo como planejado?

A prova estava indo toda perfeita. Fiz a natação em um ritmo confortável para poder fazer um ciclismo forte e conseguir abrir uma boa vantagem do grupo de corredores que vinha de trás; no final do ciclismo já sabíamos que a disputa seria entre mim e o Igor, até porque o grupo de trás vinha cerca de seis minutos depois. Assim que iniciei minha transição vi que meu material de corrida não estava mais lá e fiquei muito preocupado, porque tomei muito cuidado com tudo, e no ciclismo, com relação ao vácuo, procurei ficar sempre com 15 a 20 metros atrás do Igor para não ter perigo de tomar uma penalização, porque estava muito bem e me sentindo confiante.

Na hora você entendeu o porquê da punição?

A minha punição alegada foi por ter deixado meu óculos de natação fora da sacola, mas coloquei todo meu material dentro da sacola, óculos, touca e speedsuit, o óculos que estava na minha caixa de transição era um reserva, que sempre levo para todas as provas, e o deixei dentro da caixa.

Já dentro da área de punição fiquei muito indignado porque eles não tinham um cronômetro para pegar o tempo, e a menina olhou o horário no celular e anotou. Nesse período eu questionei umas 10 pessoas para saber minha punição, e assim que me falaram que tinha sido o óculos fora da caixa eu fiquei transtornado, e nisso um fiscal voltou até minha sacola para comprovar onde o óculos estava, ali ele constatou que o meu estava na verdade dentro da sacola e voltou correndo até a área de punição, me liberando para pegar meu material de corrida, isso eu já com quatro minutos parado. Com tudo isso devo ter ficado em torno de  seis minutos dentro da transição até iniciar a corrida. Como sabia que o Igor estava seis minutos à minha frente, saí em um ritmo alucinante; estava correndo os primeiros 7km em ritmo em torno de 3’10”/km. Consegui alcançar a primeira colocação no km 4 e esse foi meu único erro na prova, que acabei pagando o preço no final da corrida, por ter iniciado em um ritmo tão forte.

Contestou o ocorrido depois da prova? Qual foi a resposta?

Assim que cruzei a linha de chega fui atrás dos responsáveis pelos fiscais, que ali no caso era a Naida, da Federação de Santa Catarina. Assim que comecei a falar do ocorrido ela apenas me informou que eu tinha que ser federado e o responsável da minha Federação que teria que entrar com a reclamação. Fiquei sem entender nada; ela ao menos me ouviu, o que fiquei muito triste foi que poderia sair da prova com uma vitória linda, com uma vantagem muito grande, e saí com um segundo lugar chegando 15seg atrás do primeiro colocado, mesmo com tanto tempo perdido.

Pretende fazer que provas até o fim do ano?

Minhas próximas provas serão o Ironman 70.3 Cozumel e Ironman 70.3 do Rio de Janeiro.

Desabafo:

Para finalizar, deixo minha indignação e sentimento de falta de respeito por simplesmente não poder fazer nada, por eu ter ficado com um segundo lugar que não foi meu, minha prova era a vitória com folga na frente, com todo respeito aos atletas da elite.

Queria falar de como é difícil ser atleta aqui no Brasil, e que ali não era apenas colocações em jogo e sim um salário de um pai de família que sempre tem contas no final do mês para pagar. As premiações das provas sempre são nosso salário. Infelizmente não souberam reconhecer dois meses de trabalhos investidos, longe de família e abrindo mão de tanta coisa que não precisa ser mencionado.

ESCLARECIMENTO CHALLENGE MACEIÓ

Enviado pela assessoria de imprensa da organização do evento:

Em relação ao posicionamento do atleta MARCUS FERNANDES, segundo colocado geral no Challenge Maceió, a direção da prova esclarece que os fiscais apenas seguiram o regulamento, que foi disponibilizado de forma clara a todos os atletas. O próprio atleta Marcus Fernandes, de forma bastante profissional, após o desabafo, manteve contato com a direção da prova para informar que havia compreendido e aceitava as regras do Challenge Maceió.

Marcus Fernandes sendo comunicado de sua punição no Challenge Maceió - Foto Emerson Lima

Marcus Fernandes sendo comunicado de sua punição no Challenge Maceió – Foto Emerson Lima

 

Deixe seu comentário

comentários

Redação

redacao@golonger.com.br