Brent McMahon e Elizabeth Lyles vencem com recorde o Ironman Brasil

O canadense Brent McMahon e a americana Elizabeth Lyles foram os vencedores do Ironman Brasil Florianópolis, disputado hoje em Santa Catarina, com muita chuva na natação e na primeira volta do ciclismo. Depois a chuva cessou, o frio aumentou, e Brent apertou! competindo no limite o tempo todo e cravando o novo recorde do percurso: 7:46:12. Elizabeth fechou em 8:54:10, novo recorde para a categoria feminina em Floripa.

A prova masculina foi no limite desde a natação. Marcus Fernandes nadou os 3.8km em 47:19 e foi o 1º a sair da água, seguido 30” depois por um grupo formado por Paul Matthews, Brent McMahon, Tim Don, Igor Amorelli, Thiago Vinhal, William Clarke , Fabio Carvalho e Kevin Collington.

Nos 180km de bike, um grupo formado por McMahon, Don, Matthews, Amorelli e Collington se manteve junto até praticamente o retorno dos 90km, quando o canadense forçou e conseguiu abrir em torno de 50” de liderança. Pouco depois os brasileiros Guilherme Manocchio e Igor Amorelli abandonaram a prova. Entre os líderes, Brent só aumentava a distância, fechando o ciclismo com o absurdo tempo de 4:11:54. Tim Don fez 4:22:01, entrando na T2 dez minutos depois.

Brent McMahon durante a maratona, onde cravou 2:42:52. Foto: Rodrigo Eichler

Brent McMahon durante a maratona, onde cravou 2:42:52. Foto: Rodrigo Eichler

Na maratona Brent aliviou? Nada… Continuou apertando e foi aumentando a diferença para o grande corredor Tim Don. Ao final, uma maratona em 2:42:52 e o grande tempo já citado, recorde da prova, vaga garantida para Kona e uma grande atuação para levar como credencial para seu segundo Mundial de Ironman.

O vice-campeão foi o britânico Tim Don, em 8:04:15, o 3º foi o americano Kevin Collington, em 8:04:58. Fabio Carvalho foi o primeiro brasileiro a cruzar a linha de chegada, em 6º lugar e com o tempo de 8:19:07. Frank Silvestrin foi o 8º e o jovem Luis Ohde, de 22 anos, o 10º colocado em seu primeiro Ironman como profissional.

MULHERES

Entre as mulheres, a primeira a sair da água foi a checa Lucie Zelenkova, em 54:10, seguida pela americanas Laurel Wassner e Cait Snow, e a brasileira Bruna Mahn, cerca de 2:30 depois. Elizabeth Lyles veio dois segundos depois de Bruna. Mariana Andrade saiu 5:29 depois da líder e Ariane Monticeli 7:15.

Durante o ciclismo, Elizabeth ditou as ações, ultrapassando as adversárias que estavam à sua frente e assumindo a liderança ainda na primeira volta. Enquanto isso, a campeã do ano passado, Ariane Monticeli, enfrentava problemas com seu câmbio eletrônico e não conseguia desenvolver seu melhor ciclismo. Ao final dos 180km, Lyles confirmou seu belo trabalho sobre os pedais e foi a primeira mulher a entrar na T2.

Na maratona, onde costuma ter bom desempenho, Elizabeth confirmou que o dia era dela mesma, e fechou o Ironman Brasil com o novo recorde e parciais de 56:52/4:48:37/3:03:48 e tempo final – como já citado – de 8:54:10.

Elizabeth Lyles, campeã do Ironman Brasil 2016 e nova recordista do percurso.

Elizabeth Lyles, campeã do Ironman Brasil 2016 e nova recordista do percurso.

 

A segunda colocada foi a alemã Marren Hufe, e a 3ª a espanhola Gurutze Frades, Ariane Monticeli fez bela maratona de recuperação e cruzou em 4º lugar, somando importantes pontos visando sua classificação para o Mundial no Havaí. Mariana Andrade foi a 6ª colocada.

Masculino

1) Brent McMahon (CAN),  7h46min10seg * (47:47/4:11:54/2:42:52)

2) Tim Don (GBR),  8h04min15seg (47:49/4:22:00/2:50:26)

3) Kevin Collington (EUA(),     8h04min58seg (47:58/4:23:48/2:48:48)

4) Paul Matthews (AUS),  8h08min57seg (47:46/4:24:45/2:52:01)

5) Pedro Silva Gomes (PRT), 8h16min42seg (54:38/4:29:29/2:47:50)

6) Fabio Carvalho (BRA), 8h19min07seg (47:58/4:35:20/2:50:55)

7) Ronnie Schildknecht (SUI),  8h19min59seg (55:14/4:28:44/2:51:06)

8) Frank Silvestrin (BRA),  8h20min3seg (51:10/4:33:29/2:51:13

9) Mario de Elias (ARG),  8h21min37seg (51:15/4:33:21/2:52:42)

10) Luis Henrique Ohde (BRA), 8h27min32seg (48:21/4:35:49/2:58:36)

Feminino

1ª) Elizabeth Lyles (EUA), 8h54min11seg * (56:53/4:48:37/3:03:48)

2ª) Mareen Hufe (ALE), 9h09min36seg (1:01:22/4:51:31/3:11:02)

3ª) Gurutze Frades (ESP), 9h15min52seg (1:01:26/5:00:36/3:08:54)

4ª) Ariane Monticeli (BRA), 9h21min18seg (1:01:25/5:09:24/3:03:55)

5ª) Kristin Möller (ALE), 9h29min36seg (1:01:22/5:18:12/3:04:41)

6ª) Mariana Borges (BRA), 9h34min01seg (59:39:67/5:05:53/3:23:20)

7ª) Cait Snow  (EUA),  9h35min13seg  (56:47/5:19:58/3:12:27)

8ª) Laurel Wassner (EUA), 9h38min45seg (56:42/5:20:14/3:14:09)

9ª) Karina Ottosen (DIN), 9h44min17seg (1:01:19/5:17:07/3:20:29)

10ª) Lucie Zelenkova (CZE), 9h54min05seg (54:10/5:19:45/3:34:13)

Deixe seu comentário

comentários

Redação

redacao@golonger.com.br