Alistair Brownlee e Gwen Jorgensen dominam a WTS Leeds!

Frente a uma multidão nas casas e ruas da cidade de Leeds, onde ele nasceu e cresceu, o britânico Alistair Brownlee venceu sua primeira prova no circuito mundial de triathlon 2016, a WTS Leeds. Entre as mulheres a vencedora foi a grande favorita, a americana Gwen Jorgensen.

Alistair teve um dia sem falhas, tendo grande performance na natação, ciclismo e corrida. “Inacreditável! A prova foi absolutamente fenomenal, de longe a melhor World Series que já teve”, disse ele sobre o apoio que recebeu dos torcedores durante o dia e puxando um pouco para seu lado de atleta da casa.

O vice-campeão foi Jonathan Brownlee, irmão de Alistair, e o 3º colocado o australiano Aaron Royle. O espanhol Javier Gomez foi o 4º colocado, depois de grande prova de recuperação na corrida.  O fato que surpreendeu muita gente foi justamente Javier ter sobrado no ciclismo, após o ataque dos irmãos Brownlee, restando a ele rodar várias voltas revezando apenas com Richard Varga (que até abandonou a prova posteriormente) e, depois, com o pelotão perseguidor que o engoliu.

MULHERES

Gwen Jorgensen, novamente… 17ª conquista dela numa prova WTS e, desta vez, fazendo história. Nunca antes uma campeã veio tão de trás após a segunda transição. Jorgensen saiu para correr 1’40” – o que em 10km é uma eternidade – atrás das primeiras colocadas na saída da T2 e, mesmo assim, venceu! Ela cravou 33’29” nos 10km, tempo este melhor do que quase metade do pelotão masculino no dia de hoje.

Gwen Jorgensen, campeã da WTS Leeds após grande prova na etapa de corrida. Foto: ITU Mídia

Gwen Jorgensen, campeã da WTS Leeds após grande prova na etapa de corrida. Foto: ITU Mídia

A 2ª colocada foi a líder do ranking mundial Flora Duffy, de Bermudas, que comandou um ataque logo no inicio do ciclismo e trabalhou duro junto com as britânicas Jessica Learmonth e Lucy Halle para se afastar o máximo que pôde de Gwen na bike, o que funcionou nesta etapa, mas não na corrida. Mesmo assim foi um grande trabalho de Flora, que vem tendo um grande ano. O 3º lugar coube a britânica Vicky Holland.

Brasileiros não participaram desta etapa em Leeds.

Deixe seu comentário

comentários

Redação

The author didnt add any Information to his profile yet

error: copyright Trisport